VISITE O BLOG DA IV MARCHA LÉSBICA DE POA!

Já temos um novo blog para acomnharmos a II JORNADA LÉSBICA FEMINISTAS e a IV MARCHA LÉSBICA DE POA!

Visite e divulgue! Em 29 DE AGOSTO DE 2010 estaremos de novo na RUA!

www.4marchalesbicadepoa.blogspot.com

...............................................................................................

Fotos Marcha 30-08-2009 (Graziela, Naiara, Dirceu, Caio, Joana e Paulinho)

O que é e qual a finalidade de uma Jornada Lésbica Feminista?


Nós mulheres lésbicas e bi-sexuais sofremos, como todas as mulheres os efeitos nefastos da forma como somos vistas nessa sociedade MACHISTA, (que oprime quem não é homem) RACISTA (que oprime quem não é branco) SEXISTA (que separa conforme o sexo) e LESBOFÓBICA (que discrimina quem é lésbica).
Em função disso, mas também porque temos, como homossexuais, mais de 30 direitos que nos são negados (mas que são concedidos a quem é heterossexual) precisamos gritar a nossa existência!
Este ano em Porto Alegre e no RS faremos isso através de uma JORNADA LÉSBICA FEMINISTA, na qual realizaremos um debate aprofundado das vulnerabilidades que afetam todas aquelas que não se pautam pela heteronormatividade hipócrita desta sociedade.
Várias atividades serão desenvolvidas para marcar o mês de agosto, mês da VISIBILIDADE LÉSBICA!
No final, no dia 30 DE AGOSTO realizaremos a III Marcha Lésbica de Porto Alegre e I Marcha Lésbica do RS.

CONVOCAMOS TODAS as mulheres feminista a empunharem conosco esta bandeira, porque NOSSOS CORPOS NOS PERTENCEM, porque temos direito a autodeterminação, porque podemos amar como e a quem nos for mais prazeiroso.

Lutaremos sempre, pautadas pelo feminismo, contra todo o tipo de VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES!

CONTRA TODO O TIPO DE VIOLÊNCIA E DE OPRESSÃO!
EM CADA BEIJO UMA REVOLUÇÃO!

Memória Visual da Construção da Jornada Lésbica Feminista

terça-feira, 1 de setembro de 2009

MARCHA FOI UM SUCESSO!

Nossa! Estamos todas muito felizes!
O domingo estava lindo, um sol maravilhoso, um dia para sair de casa!
Foi o que a mulherada fez: pegou seus bonés e suas cuias de chimarrão, toalhas, colchas de retalho, bandeiras, serviram para sentar na sombra das árvores enquanto ouvíamos música de alta qualidade na voz de mulheres maravilhosas, embaladas nos pratos e nos vinis da Garota Vinil Andréia, que iniciou a discotecagem as 13:05 batido!
Com o som rolando gostoso a gente até se animou para dançar na praça - e as companheiras da Marcha Mundial das Mulheres foram as primeiras a puchar a dança! As Feministas levantando a bandeira da diversidade juntinho com a gente! M A R A V I L H O S O !
As Rebeldes já estavam por ali, descalças, fazendo um pique-nique e esperando a hora de caminharmos juntas desafiando as normas.
Algumas passavam "ao largo"... olhavam, rondavam um pouquinho, mas era impossível resistir: tinha muito adesivo com beijo na boca que aos poucos foram enfeitando as costas, as barrigas, as cochas de mulheres de todas as idades, de todas as cores, de todas as identidades!
Começamos com o microfone as 15hs. O sol tava brabo, mas as pessoas foram chegando a Fuzarca Feminista batendo seus tambores, as mulheres do pandeiro sacundindo a galera.
As fotógrafas procurando os melhores ângulos enquanto a gente fazia política e dizia porque estávamos ali....
Foram falas empolgantes: as lésbicas com a LBL (inclusive de SP, que estava conosco), as Rebeldes com a Marian, os partidos politicos com Maria Odete da Diversidade do PMDB, as ativistas com a Marilise da MMM e a Lis da Themis, as bancárias, com a Denise da federação, as sindicalistas, com a Mara da CUT e a Cris do Sintrajufe, a academia, com a Nádia do Nupacs, enfim.... falas que chamaram a atenção daquelas e daqueles que sequer sabiam o que estava ocorrendo naquele dia.
Depois uma caminhada linda, onde mesmo com o carro de som parando de funcionar na primeira parte do percurso, seguramos no megafone a nossa indignação e foi no grito que o Bric parou para nos ouvir... tivemos adesões, ouvimos algumas manifestações homofóbicas (de longe, de dentro dos ônibus e carros, porque os covardes nunca falam na cara!), mas seguimos com nossa alegria e disposição de luta.
No final fechamento com chave de ouro: Ilse lamperte nos esperava com o palco pronto, soltando aquela voz maravilhosa .... Helô arrasando no texto preparado por elas para o evento, Blanca brilhando no escuro, Lu Barros fazendo história com a gente!
Foi realmente maravilhoso e sabemos que não parou por aí: centenas de mulheres, algumas ativistas de longos anos, como a Márcia e as Carlas, algumas saindo ás ruas pela primeira vez, como a Ana e Claudinha que vieram falar comigo, algumas fora, outras aqui do Brasil e muitos homens junto com a gente, segurando a bandeira do feminismo e mostrando que a diversidade é bandeira de todas e de todOs!
Enfim.... nos sentimos recompensadas e cheias de gás para continuar.... finalizaremos com um texto da Silvana Conti, Professora e Coordenadora nacional da LBL. Vamos continuar postando fotos durante a semana. Grande beijo e Obrigada a TOD@S!

Quem Sabe...

Às vezes grito, empurro a porta com força, choro baixinho e bem alto, mas não me conformo, continuo...

Tantas perguntas que não querem calar!

Meu peito, meus pensamentos, meus sonhos, se misturam pelo ar.

Racismo mata e machuca!

Machismo destrói e inculca que somos mercadorias, objetos, abjetas, reféns da hipocrisia, da sociedade e do capital.

Porque não posso amar outra mulher?

Eu posso!

Nós podemos!

A opressão de classe continua implacável, injusta, abominável marca que divide os “bons” e os “maus”.

Qual a medida da dignidade?

Porque uns tem palácios e muitos(as) não tem pão?

Binarismo selvagem que tira a dignidade, o chão, mata os sonhos e as vontades, capitalismo cruel.

Racismo disfarçado...

Lesbofobia velada, que encaixota, suspende, prende mentes e corações dentro de armários, dentro de prisões.

Tantas perguntas, tantas mentiras, tantas misérias, tantas histórias mau contadas.

Os navios negreiros não transportaram escravos, e sim um povo cheio de ciência, cultura, criatividade que foi arrancado, roubado do seu continente,e escravizado.

O ministério da igualdade de oportunidades adverte:

Os direitos sexuais e reprodutivos fazem bem à saúde.

“Respeitem meus cabelos, brancos”.

O armário traz sofrimento, mas quem está lá também precisa ser respeitado(a).

Quem é racista: Assuma! Reveja seus conceitos e ações.

Machistas de plantão: Sempre é tempo de se recuperar desta doença terminal.

Dignidade é bom, e todo mundo gosta. A propósito, não só alguns, mas a grande maioria deste país .

Por fim, ou pra começar:

Vamos jogar os preconceitos fora!

Vamos unir nossas bandeiras!

Vamos ampliar nossas fronteiras!

Quem sabe, cantamos a mesma música?

Quem sabe, damos um grito de liberdade?

Quem sabe a luta pelo socialismo se torna a nossa unidade!

Quem a gente tenta ser feliz...

Quem sabe...

Porto Alegre, 29 de Agosto de 2009.

Dia Nacional da Visibilidade Lésbica.



quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Atividades da SEMANA 25 a 30/08

27/08 - Oficina Saúde das Mulheres Lésbicas
Outra atividade gratificante: Haviam mais pessoas na sala do que esperávamos e menos do que desejávamos, já que a atividade era voltada para gestores de saúde e para profissionais da área.
Maria Geneci, do Sindisaúde, deu um depoimento emocionado no final, falando contra o preconceito e pela inclusão de todos os segmentos na ações do sindicato.
Nas mesas e debates a participação da SMDHSU, através da coordenadora Leila Schaam e do GHC , através de nossa companheira de luta Carla Batisa, gestora do Hospital da Criança Conceição, além das dezenas de pessoas (na maioria mulheres) e das ativistas da LBL.
Valeu o debate. Valeu o que conseguimos construir de acúmulo e das ações que planejamos para a frente.
Dois convites nos deixaram, no final, muito contentes: o do Sindisaúde para darmos continuidade ao trabalho ajudando a construir as políticas do sindicato nas questões de orientação sexual e da SMDHSU para fazermos juntas uma cartilha sobre a pesquisa.
Assim que finalizarmos a Jornada levaremos a termos as duas tarefas.


26/08 - Debate "Academia e Movimentos Sociais"
Nossa, AMAMOS esta atividade. A academia com sala cheia. O companheiro Alex - representante dos catadores- "matado a pau" com uma lição de cidadania que não víamos há anos e a Rose, da LBL, arrancando lágrimas da platéia (literalmente!). Foi muito bom.
Não que tenha estancado o debate: esta não era a proposta. Mas poder conversar francamente com professores e com estudantes de diversas faculdades (e de diveras universidades, porque haviam pessoas de outras universidades lá) foi muito bom. Parabéns da LBL ao NUPACS pela atividade que a gente espera ver replicada por cada canto da academia. Atividade nota 10!

sábado, 22 de agosto de 2009

Atividades da Semana de 17 a 24/08

Mais uma semana de grande movimentação:

24/08 - Exibição do Filme "Assunto de Meninas" No Sindicato dos Bancários, 19hs
Rua General Câmara, 424.
Debate controverso este: algumas mulheres questionando o porque de um filme negativo. Outras achando que a provocação valia o risco. Mas de muito positivo levamos o fato de que as FEMINISTAS (de todas as orientações sexuais) estavam lá. Parece que o chamado da semana anterior começou a surtir efeito.
Sentimos falta de algumas presenças... mas as que foram contribuíram muito para fazer da atividade um momento bom.
Podíamos ter aprofundado um pouco mais o tema, mas valeu como provocação inicial.
Adoramos a participação da psicóloga Aline Piason da Delphos, a quem agradecemos muito o interesse e a presença.

23/08 - DOMINGO!
Fizemos uma panfleteação itens durante todo o dia. Conversas, convite, histórias variadas. este conosco a passista PIPOCA do bambas e, melhor, ficou de voltar na oficina de sábado com o bloco das passista para ensaiar no bric vom a gente. Vamos esperar!

22/08 - Sábado
Mais uma oficina para criação de materiais, mas um dia de muuuuito sol.
Agradável de mais juntar as meninas da Marcha Mundial das Mulheres com as ativistas da Liga Brasileira de Lésbicas. Produzimos uma quantidade bacana de pirulitos que usaremos na caminhada de domingo, além de afinarmos a ação conjunta (que começaremos a articular em setembro) da ação 2010, quando marcharemos junto com todos os estados brasileiros numa grande ação global da MMM, que articulará mulheres do mundo todo.
Ficou curiosa: acesse o blog da Marcha Mundial da Mulheres para saber mais.
http://www.mmm-rs.blogspot.com/

21/08 - Sexta
A noite visitamos muitos bares na cidade baixa, bom fim e centro, distribuindo materiais da Jornada e foi muito interessante perceber que muitas meninas já estava sabendo da atividade.
Isso dá um gás e a certeza de que teremos uma GRANDE MARCHA LÉSBICA!

20/08 - Quinta
Num ambiente pra lá de descontraído reunimos diversas mulheres do movimento sindical para discutirmos a homofobia (e lesbofobia) dentro das entidades e nas diretorias sindicais.
Foi um debate proveitoso, em que fechamos uma continuação para o processo (no dia 09 de setembro) na reunião mensal da secretaria de mulheres da CUT. Este é um avanço significativo, pois entendemos que apenas a formação continuada dos dirigentes pode romper com a "tradição" do preconceito.

18/08 - Terça
Na terça-feira reunimos no SINDISAÚDE, com toda a equipe que prepara o Seminário sobre saúde das Mulheres Lésbicas do Dia 27. Fechamos mesas, organizamos a atividade e dividimos tarefas para garantir que tudo saíra perfeito. Esperamos TOD@S no auditório da federação de Trabalhadores em saúde, na próxima quinta-feira para mais uma atividade de formação. Não falte!

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Atividades da SEMANA 10 a 16/08

16/08
No Brique no domingo foi uma panfleteação incrível.... se a gente contar ninguém acredita as histórias que rolam em atividades destas.
Distribuímos cerca de 300 panfletos, numa tarde cheia de Sol (que esperamos esteja conosco também no dia 30!
A propósito: estamos tendo cerca de 40 a 50 acessos ao blog por dia. Só hoje foram cerca de 130!
E você, já passou nosso link para sua lista de e-mails?
Agora é preparar a semana que vem!

15/08

Realizamos neste sábado, sob proteção do sol que brilhava na cidade e a vista maravilhosa do RIO GUAÍBA - QUE DA JANELA DO 12o andar do prédio do SINDSPREV tem uma vista incomparável - a primeira oficina de criação de materias. Momento interessante, pois em meio a tintas e pincéis falamos de nossas vidas, de nossas experiências... uma delícia.

O difícil foi acabar o oficina, pois as meninas não queriam sair da sala.... gostinho bom para fazermos a outra no próximo sábado dia 22.

APAREÇA!


14/08

Estivemos no lançamento do livro do grupo Mulheres Rebeldes na sexta-feira, na livraria Bamboletras do Olaria. em meio a diversas mulheres de diversos movimentos, confraternizarmos com mulheres de diversos movimentos e comemoramos juntas esta vitória da meninas. PARABÉNS às rebeldes pelo parto perfeito!

Recebemos na sexta-feira, durante a exibição do Filme "Meninos não Choram" o convite das companheiras do grupo MULHERES REBELDES para o lançamento do primeiro (mas certamente não será o único;>)) livro do grupo "em rebeldia – da bloga ao livro".

Aproveitamos para repassar o convite para todas prestigiarem mais esta produção intelectual de mulheres lésbicas:

O que? Lançamento do livro

Onde? Na Bamboletras. No centro comercial Nova Olaria, Rua Lima e Silva, 776 - loja 03

Quando? Na sexta-feira 14 de agosto, 19horas.

Mais detalhes clique no título da matéria ou vá aos endereços:

http://www.flickr.com/photos/mulheresrebeldes/ http://mulheresrebeldes.blogspot.com/

12/08

A Oficina com sindicalistas na CUT foi transferia para a próxima semana (21 ou 22 - ainda não temos a data).

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Atividades da SEMANA 03 a 09/08


10/08

EXIBIÇÃO DO FILME NOS BANCÁRIOS CONTA COM PARTICIPAÇÃO QUASE EXCLUSIVA DE LÉSBICAS!
A gente não sabe muito bem se fica feliz ou se fica triste: éramos cerca de 30 pessoas na sala para a exibição do filme na segunda-feira, na abertura do CINELÉS no sindicato dos bancários, que terá uma nova exibição no próximo dia 24/08, desta vez com o filme "Assunto de Meninas".
Ficamos felizes porque as mulheres lésbicas estavam lá, botando a cara na rua, com suas namoradas, para ver um filme que sempre nos toca (Meninos não Choram) porque fala da violência extrema pela qual pode passar alguém que, tendo nascido com o gênero femino, assuma uma identidade mais masculinizada.
Triste porque éramos APENAS nós, as lésbicas, naquela sala (com elogiosas exceções).
Nos perguntávamos no final do debate onde estariam nossas parceiras sindicalistas, ativistas sociais, FEMINISTAS e os nosso companheiros de todos os movimentos que não compareceram a atividade.
Comparamos a lotação do evento (30 pessoas como falamos acima) com a exibição na semana do 08 de março do filme "O Aborto dos outros" (lotado, sala cheia, gente sentada no chão) e ficamos intrigadas em saber se a violência cometida contra as lésbicas é menos "importante" do que a violência sofrida por qualquer mulher ou, pior, se assumir a luta pela Liberade de Expressão e Orientação Sexual é mais "difícil" - inclusive quando colocada na proteção da bandeira de direitos sexuais e reprodutivos - do que assumir a luta pela legalização do aborto (nossa luta histórica, como lésbicas e como feministas).
Enfim, ficaram no ár muitas perguntas para as quais nos propusemos coletivamente a continuar buscando respostas e um sentimento de extrema alegria porque as lésbicas estavam lá e de profunda tristeza, porque as feministas de outras orientações sexuais não estavam!
Acreditem, continuaremos insistindo!


=================================================
07/08
A CTB e os Direitos LGBT

Abrindo a Jornada Lésbica Feminista estivemos, com as companheiras e companheiros sindicalistas da CTB no auditório da Fecosul nesta sexta-feira, durante a tarde, para discutirmos os direitos LGBT e a CTB.
Foi um debate bastante rico, conduzido pela Companheira da LBL Silvana Conti, onde assistimos a um trecho do filme "Desejos Proibidos", debatendo, na seqüência as impressões dos presentes sobre as situações de preconceito, perda e desrespeito explicitados na passagem.
No Final, a companheira Eremi, da CTB, resumiu o trabalho dizendo que mais do que discursos a CTB espera conquistar na Central resultados práticos através da ação militante em todos os segmentos e de que a parceria estava, a partir desta oficina, firmada com as mulheres lésbicas através da LBL-RS.
Agora nos prepraramos para a próxima atividade, na segunda-feira, no sindicato dos Bancários (Gen. Câmara, 424), às 19hs, com a exibição do filme "Meninos não Choram", após a qual faremos um debate mediado pela Psicóloga e Antropóloga Elizabete Zambrano e pela companheira da Themis Elisiani Pasini - Antropóloga e Coordenadora Adjunta e do Programa das Jovens Multiplicadoras de Cidadania da Themis.
A P A R E Ç A !

sábado, 20 de junho de 2009

Definido calendário inicial da 1a. JORNADA LÉSBICA FEMINISTA DO RS

DESDE a reunião ocorrida no dia 15/06 no Sindibancários, estamos CONSTRUINDO a 1a. Jornada Lésbica Feminista.
Veja nossas principais decisões e acompanhe a evolução do CALENDÁRIO DE ATIVIDADES:


- Independentemente da adesão de outras entidades/redes de lésbicas e bi-sexuais, a LBL assume a responsabilidade pela realização da III Marcha Lésbica de POA

- Realizaremos a III Marcha Lésbica de POA concomitantemente com a I Marcha Lésbica do RS, a fim de dar visIbilidade à nossa luta em todo o estado, no dia 30 de Agosto de 2009, com concentração a partir das 13 hs no Espelho Dágua da Redenção.
- Esta atividade será o encerramento da I JORNADA LÉSBICA FEMINISTA DO RS, que ocorrerá de 01 a 30 de Agosto de 2009, na cidade de POA e contará com as seguintes atividades (as quais poderão ser agregadas novas atividades, caso haja a desão de outras entidades lésbicas):

1. CINELÉS - projeção de filmes com temáticas lésbicas no Cine Bancários de POA, na rua General Câmara, 424
  • Dia 10/08 - "MENINOS NÃO CHORAM":
Sinopse: Saiba como Teena Brandon se tornou Brandon Teena e passou a reivindicar uma nova identidade, masculina, numa cidade rural de Falls City, Nebraska. Brandon inicialmente consegue criar uma imagem masculinizada de si mesma, se apaixonando pela garota com quem sai, Lana, e se tornando amigo de John e Tom. Entretanto, quando a identidade sexual de Brandon vem à público, a revelação ativa uma espiral crescente de violência na cidade
  • Dia 24/08 - Assuntos de Menina
Sinopse: Narrado em terceira pessoas, o conflito de duas adolescentes que se vêm apaixonadas em um colégio interno e o drama quando a irmã de uma delas ameaça contar aos pais caso o relacionamento não seja encerrado.

2. Roda de discussão mediada - Dias 10 e 24 de Agosto, após a projeção dos filmes, faremos uma roda de dicussão mediada com a comunidade sobre o tema abordado.
Presença de:

Aline da Silva Piason - Psicóloga, Psicoterapeuta (Delphos) e Mestre em Psicologia Social - PUCRS.
Yáskara Arrial Palma - Psicóloga e mestranda em Psicologia Social - PUCRS.
  • Dia 10/08 - Discussão com movimentos sociais sobre identidade masculinizada, visibilidade X preconceito; violência e os efeitos da homofobia. Espaço para falarmos sobre nossas vivências de preconceito.
  • Dia 24/08 a mediação será feita por familiares de homossexuais com a finalidade de discutirmos os efeitos da homofobia DA e SOBRE as famílias - LEVE SEUS FAMILIARES para que dêem seus depoimentos.

3. Discussão com Sindicalistas sobre Homofobia no Movimento Sindical -
  • Dia 07/08. às 14hs - Sindicalistas discutem "A CTB e a relação com o movimento LGBT" - na FECOSUL
  • Dia TRANSFERIDA PARA 20/08 - durante a Reunião da Secretaria de Mulheres da CUT-RS, rua Barros Cassal, 283
Roda de debate acerca do preconceito contra homossexuais nas Direções Sindicais. O objetivo é inciarmos um debate solidário que possibilite romper com a lógica do silêncio que esconde o preconceito.

4. Oficinas de Criação de materiais
- duas oficinas no segundo e terceiro sábados do mês de Agosto para criação de faixas, cartazes, pirulitos e instrumentos a serem utilizados na Marcha Lésbica
  • Dia 15/08 - das 13 às 17hs no SINDSPREV, Leonardo Truda, n. 40, 12 andar
  • Dia 22/08 - das 13 às 17hs no SINDSPREV, Leonardo Truda, n. 40, 12 andar
A idéia das oficinas é criarmos as faixas e pirulitos com as frases que gostaríamos de ver nos momentos de manifestação de rua sobre a lesbianidade, a lesbofobia, o amor entre mulheres. Momentos para trabalharmos juntas a imagem que a sociedade faz de nós.

5. PANFLETEAÇÃO NOS BARES E NO BRIC
  • Dias 21 e 28/08 - SEXTAS - nos bares de freqüência Lésbica
  • Dias 22 e 29/08 - SÁBADOS - Na Feira de sábado na Redenção e na festa DELAS (29/08 - um dia antes da Marcha)
  • Dia 23/08 - DOMINGO - no Bric da Redenção
Atividade conjunta da LBL com a Marcha Mundial das Mulheres e demais redes feministas para divulgar a Marcha Lésbica e fortalecer a identidade lésbica-feminista

6. Oficina para Gestores públicos e Servidores da área de saúde sobre "Saúde das Mulheres Lésbicas"
- LBL/NUPACS/SMDH, SINDISAÚDE e Hospital Conceição
  • Dia 27/08, das 14 às 18horas, na Rua Santo Antônio, 635
Apresentação das pesquisa feita pelo NUPACS, em conjunto com a LBL em postos de saúde do SUS acerca do atendimento prestado a mulheres lésbicas na rede pública. O público da pesquisa são as mulheres lésbicas da região e os profissionais que atuam na rede de saúde. Aprofundamento da discussão acerca do preconceito institucionalizado nos serviços prestados pelo estado à população de mulheres lésbicas.

7. Diálogo entre Academia e Movimento Social - NUPACS e LBL
  • Dia 26/08 - no Campus do Vale UFRGS, Bento Gonçalves, 9500 – Prédio 43322 – Sala do PANTEON
A atividade faz parte do III Seminário Olhares Diversos e Contemporâneos que tem por finalidade, nessa terceira edição, além de manter a pluralidade no interior da Antropologia, abrir o diálogo com e para outras áreas de conhecimento em especial com os Movimentos Sociais. Para possibilitar uma reflexão abrangente, conta com a apresentação de trabalhos por parte de estudantes de graduação e de pós-graduação de diferentes programas e com a participação dos professores do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da UFRGS, e antropólogos de outras universidades como debatedores.
O seminário iniciará no dia 26 de agosto com a atividade Diálogo entre Academia e Movimento Social realizada em parceria com a Liga Brasileira de Lésbicas da região Sul e com outra entidade a confirmar.

8. Festa Delas - Festa de Mulheres SÓ PARA MULHERES
  • dia 29 de agosto, na CIA DE ARTE, rua dos ANDRADAS, 1780 - 23hs - R$ 8,00
Para comemorar o dia 29/08 (dia Nacional da Visbilidade Lésbica), em parcerias com as mulheres das DDC eventos GLS, festa DELAS para ELAS, com muita música, espaço para dançar, conversar e namorar.
A festa tem por finalidade integrar e fortalecer as mulheres lésbicas e bi-sexuais para a caminhada do dia seguinte.

DIA 30/08, 13 hs
ESPELHO DÁGUA DA REDENÇÃO
em PORTO ALEGRE

III Marcha Lésbica de Porto Alegre e
I Marcha Lésbica do RS


SONORIZAÇÃO GAROTA VINIL A PARTIR DAS 13HS
SHOW DE ENCERRAMENTO COM ILSE LAMPERT E BANDA
+ CONVIDADAS ESPECIAIS:
- BLANCA QUEIROGA, DAYSE FOLLY, HELÔ PINHEIRO e LU BARROS
com caravas do interior do estado, concentração às 13 horas e inícios às 15 horas, no espelho Dágua da Redenção.

AJUDE A ORGANIZAR CARAVANAS DE SUA CIDADE E VENHA CONSTRUIR COM A GENTE A MARCHA EM POA!

A marcha é uma ATIVIDADE MILITANTE DE MULHERES FEMINISTAS E MULHERES LÉSBICAS em defesa da bandeira da DIVERSIDADE SEXUAL e pela AUTODETERMINAÇÃO DAS MULHERES: nossos corpos nos pertencem!

===============
P R O C U R A - S E !
===============
Se você é LÉSBICA, SAPATÃO, SAPA, BOFE, FEMME, BUTCH, MACHORRA, TORTILLERA, CAMINHONEIRA, FEMINISTA e ainda CANTA ou TOCA algum instrumento a gente te quer no palco fazendo "arte" com a gente!
Manda uma e-mail e vem fazer parte desta grande festa!

A utilização, no anuncio acima, das palavras que são popularmente usadas para designar uma lésbica te ofende?

ATIVIDADES CULTURAIS

Realização e Apoiadoras

Realização e Apoiadoras